Um novo começo

É até estranho começar a escrever um outro blog. Bem, na verdade não é tão estranho. É um novo começo. Quando comecei a escrever no Eisso.org, eu tinha acabado de chegar a SP, vindo do Rio e pensando que não conseguiria ficar aqui nem 3 meses. 7 anos, 1 flat, 3 apartamentos, 4 empregos e 1 filho depois e aqui estou eu. Ainda morando em SP. Ainda sonhando com o Rio (principalmente no Verão) e ainda trabalhando com Social Media, coisa que no começo, nem existia. O meu trabalho era fazer ações no Orkut, blogs e internet. Hoje, olhando para o passado, vejo que muita coisa mudou no mercado (que agora existe oficialmente) e muita coisa continua igual (ainda temos que mostrar para clientes o que é Social Media).
Mas voltando para essa fase de recomeço, achei importante acabar com o Éisso.org porque não via mais ele como uma coisa importante e não dizia mais o que eu gostaria de dizer. O fato de escrever no B9 também fez com que algumas coisas mudassem. Eu escrevo coisas que gostaria que o mercado pensasse por lá e só. Acabo não escrevendo as coisas que eu estou pensando ou que são apenas devaneios pouco elaborados (embora muitas vezes seja isso que apareça no B9 também).
Aí notei que eu tinha um domínio (esse!) que não tinha nada além de uma biografia e links para meus perfis nas redes sociais. Resolvi mudar isso e tentar centralizar as coisas em um lugar só.
O arquivo dos posts do Eisso.org estão aqui. Muitos deles estão com caracteres quebrados porque quando comecei a escrever lá o banco de dados do wordpress estava ajustado para outro charset e eu nunca mudei. Enfim, dá para ler e alguns posts eu arrumei.
Mas uma coisa que resolvi fazer aqui é até um estranho para quem trabalha com Social Media. Eu não coloquei nenhum botão de Compartilhar, Curti ou Tweet nos posts. A idéia é que o foco seja no conteúdo. Queria tentar fazer com que voltássemos para a essência do compartilhamento na internet (e na vida). Se é importante, nós vamos compartilhar. E não por um impulso ou pela facilidade de ter um botão ali. No começo da internet, nós copiávamos trechos de livros para defender nossos pontos de vista nas listas de discussão por email. E quer saber, era incrível. Além de estudarmos mais a fundo alguns temas, o conteúdo compartilhado era conhecimento útil e não apenas piadas e frases de efeito. Não que isso não existisse naquela época. Existia mas geralmente era focado em nichos, perfis específicos e eram mais difíceis de saber até onde iriam. Um indicador de sucesso era ver algo que você iniciou voltar para você ou algum familiar comentar a respeito. Muitos sites de humor cresceram com isso e é bacana. E era mais ou menos o que acontecia com pornografia na internet também.
E os perfis que repassavam essas piadas e frases de auto-ajuda geralmente eram as pessoas mais novas na internet mas não de idade (também conhecidas como mães, avós e tias).
Enfim, foi uma atitude pensada e não um desconhecimento técnico qualquer. É uma mudança de paradigma e de mentalidade. O único botão que eu acho que seria legal seria um pro Instapaper, Pocket ou ReadItLater. Mas acho que no final é bacana. Nos posts de Opinião, tentarei escrever textos mais longos e nos posts de Achei Por Aí, serão as coisas legais que antes eu compartilharia apenas pelo Facebook, Twitter e Google+(que aliás, estão no rodapé aqui do site). É um novo começo. Vamos nessa.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.