Salvem a Polaroid

  polaroid sun 600
Tudo começou com um post da MaWá falando sobre o protesto on/offline que estão fazendo para salvar a Polaroid. Eu vi o site na máquina dela no trabalho, memorizei a URL e, claro, digitei errado. Caí em um outro site que também está fazendo o seu abaixo assinado para salvarmos a polaroid.
Eu, como dono de uma máquina dessas, não poderia deixar de fazer um post com todos os links que vi até agora.

Save Polaroid
Save the Polaroid

Aí, logo depois disso, eu leio na Monocle de março, um texto (quase um manifesto) a favor da fotografia tradicional. Não tinha nada a ver com a Polaroid mas quando eu li foi como se eu tivesse uma visão do futuro do filme. Nesse texto, o editor da revista nos pede para comparar os tons de pele de fotos tiradas em filme e fotos digitais.
Além disso ainda há uma matéria sobre um como essa mudança filme vs digital está acontecendo no Japão. Eu adoro a comodidade do digital mas juro que pensei em pegar a minha maquina de filme e tirar umas fotos analógicas que não fossem com a Holga. Algo mais old school.

Acabou que tirei uma penca de fotos com a digital mesmo. A diferença? tirei em RAW.

1 thought on “Salvem a Polaroid”

  1. 19/01/2009 – 17h32
    Filmes da Polaroid voltarão a ser fabricados, diz jornal
    Publicidade

    da Folha Online

    Um dos equipamentos mais famosos relacionado à imagem foi “resgatado” pelo empresário austríaco Florian Kaps, 39, que anunciou no domingo (18) a continuidade da produção de filmes para máquinas Polaroid.

    Famosa por suas fotos instantâneas, a companhia havia anunciado o fim da produção dos filmes, em fevereiro do ano passado, por sucumbir ao surgimento da fotografia digital na década de 1990.
    Divulgação
    Filmes para máquinas Polaroid voltarão a ser produzidos, informa jornal
    Filmes para máquinas Polaroid voltarão a ser produzidos, informa jornal “The Independent”

    No entanto, segundo o jornal “The Independent”, a fábrica da Polaroid em Amsterdã, na Holanda, será reativada pelo empresário austríaco, que dedicou os últimos cinco anos à fotografia instantânea. Kaps é criador do Polanoid.net, a maior galeria de imagens do gênero na internet, e também é proprietário da galeria de arte Polanoir, em Viena, na Áustria, também dedicada às imagens feitas pela câmera.

    Batizada de “O Projeto Impossível”, a fabricação de novos filmes começará na empresa inglesa Ilford, especializada em fotografias preto e branco, que produzirá dois tipos de filmes: um compatível com a câmera clássica SX-70, e outro com os modelos mais modernos da série 600.

    “O projeto é mais do que um plano de negócios, é uma luta contra a ideia de que tudo tem que morrer quando não cria volume de negócios”, disse Kaps.

    Kaps também contratou 11 funcionários da fábrica holandesa, e pretende lançar os filmes ainda neste ano, tanto em preto e branco quanto colorido.

    Em dezembro de 2008, a Polaroid recorreu à lei de falências dos EUA, a fim de facilitar sua reestruturação financeira, depois de uma suposta fraude de fundos.

    Apesar dos problemas administrativos, a empresa anunciou, no começo de janeiro, o lançamento de uma câmera digital com impressora, durante a feira tecnológica Consumer Electronics Show, em Las Vegas.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.