Como não escrevo nada aqui há um tempo, acho que vale recapitular o que aconteceu.

Passei o reveillon em Teresópolis com os meus pais. Foi até engraçado. Um reveillon de quem tem filho. Não houve grandes festas, nem nada semelhante mas foi bem legal. Apenas quem importava: eu, minha mulher, meus pais, minha irmã. Tudo tranqüilo, inaugurando as mudanças na casa. Acho que foi o primeiro reveillon em mais de 15 anos que passo com meus pais.

Assisti alguns filmes mas o único digno de nota é o Procurando Amy do Kevin Smith. O engraçado é que isso me fez querer assistir O Balconista novamente. Fiquei sabendo que o Kevin Smith está fazendo uma continuação. Já entrei no site (que também é em WordPress) e vi que tem diversos vídeos sobre a produção do filme. Inclusive um com depoimentos do Tarantino e do Robert Rodriguez.

Outra notícia bacana(?) é que resolvi reclamar com a Sony Universal sobre a propaganda enganosa do DVD do Audioslave Live in Cuba. Ele vem com um adesivo anunciando que tem 13 músicas + documentário de 90 minutos. Pois é, o documentário tem apenas 30 minutos. Cheguei até a verificar que na caixa está anunciado que Running Time é de aproximadamente 107 minutos. Mandei um email e até agora, nada. Vamos ver o que eles vão falar.